Os cookies.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.

Memorias de Litteratura Portugueza [1792-1814]: os homens e as Letras na Academia Real das Ciências de Lisboa

Sobre o item

Descrição Material
930 p.
Resumo
Nas relações entre os avanços da historiografia nacional e a sua expressão no grande movimento científico europeu, o papel da Academia Real das Ciências de Lisboa está por conhecer convenientemente. A fértil produção de conhecimentos histórico-científicos e a sua disseminação foi conseguida através da imprensa periódica especializada, além das conferências científicas e pedagógicas. Através da troca colossal de informações e o esforço de vulgarização dos novos estudos agrícolas, técnicos e economicistas na República das Letras, a ciência histórica transitou de uma esfera restrita para um patamar muitíssimo amplo na sociedade. Incidiria, neste sentido, directamente na cultura e na mentalidade social, o que permitiu uma maior abertura à produção, permutação e aplicação de novas abordagens e metodologias, como as Memorias de Litteratura Portugueza [1792-1814] proporcionaram.
DOI
10.14195/978-989-26-1117-4
ISBN
978-989-26-1116-7
978-989-26-1117-4(PDF)
Acesso
open access
Coleção Digital
Pombalina
Local de publicação
Coimbra
Idioma
Português
Tipo
Livro
Nº de visualizações
4
Nº de downloads
0