Os cookies.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.

A paisagem do Cerrado no Triângulo mineiro: os relatos dos viajantes naturalistas no século XIX no Brasil

Sobre o item

Outro título
Cerrado landscape on the Triângulo mineiro region: the stories of naturalist travelers in the 19th century Brazil
Resumo
The idea of the Cerrado as a biome or untouched bio-geographical area, must be rethought, since it has been successively appropriated by man throughout its history. Based on the records left by nineteenth century travellers, it tries to do an interpretive reading of the Triângulo Mineiro landscape, demonstrating that it was a deeply humanized landscape and not "immense solitudes" as it was described. This fact resulted from the occupation of this area for thousands of years by the Caiapós indians and later by settlers. The techniques used since the occupation by indigenous societies and then during the period of the gold and precious stones mining, or even by agriculture and livestock, changed the natural landscape of Cerrado, turning it into a historical and culturally built landscape. The landscape concept is very important for this work, which aims an interpretative analysis of the Cerrado landscape in the nineteenth century, according to the perspectives of travellers, including St Hilaire.
A ideia do Cerrado, como um bioma ou domínio biogeográfico intocado, deve ser repensada, já que foi sendo sucessivamente apropriado pelo homem ao longo da sua história. Com base nos registos deixados pelos viajantes do século XIX, intenta-se fazer uma leitura reinterpretativa da paisagem do Triângulo Mineiro, demonstrando que era uma paisagem profundamente humanizada e não “solidões imensas” como era descrito. Esse fato resultou da ocupação dessa área, durante milhares de anos pelos índios caiapós e, posteriormente, pelos colonizadores. As técnicas utilizadas desde a ocupação pelas sociedades indígenas e depois durante o período da mineração do ouro e das pedras preciosas, ou mesmo pela agricultura e pecuária modificaram a paisagem natural Cerrado transformando-a numa paisagem histórica e culturalmente construída. A conceptualização da paisagem é de suma importância para este trabalho que tem como objetivo uma análise reinterpretativa da paisagem do cerrado no século XIX, de acordo com as perspectivas dos viajantes, nomeadamente St Hilaire.
DOI
10.14195/978-989-26-1233-1_4
ISBN
978-989-26-1232-4
978-989-26-1233-1 (PDF)
Acesso
open access
Coleção Digital
Pombalina
Local de publicação
Coimbra
Idioma
Português
Tipo
Livro
Nº de visualizações
79
Nº de downloads
19
Notas
http://hdl.handle.net/10316.2/39922